quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Factotum (2005)

É incrível, como nos agarramos
a nossa miséria
A energia que queimamos
alimentando nossa raiva

Incrível,
como em um momento
podemos grunhir como bestas,
para momentos depois,
esquecer o porquê

Não horas disso,
ou dias ou meses ou anos disso,

Mas décadas, vidas
completamente gastas
Entregues aos mais mesquinhos rancores e ódios
Finalmente,
não nos restou nada para a morte levar

Se for tentar
Vá até o fim
Do contrário,
nem comece
.

-------------

Não gostei muito do filme, fraco fo começo até a metade e acho que não precisava repetir umas cenas do Barfly (1987). Mas aí estão uns trechos de Bulkowski que sempre vale a pena recortar.

Nenhum comentário: