quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Coquinho

Super divertida essa letra,
pra todos nós que já passamos por isso,
o jeito é ir lá pegar ele no chão,
botar no sol, tirar o pó
um novo dia virá:



Meu bem 'cê me mandou catar coquinho
Mas eu não fui catar coquinho não
Eu fui embora, triste e só
Xinguei, chorei, gemi de marré desci
Atrás de alguma explicação
E o amor me disse assim:
"Meu amigo, sei de nada não"

Meu bem 'cê jogou fora o meu carinho
Mas eu peguei de volta ele no chão
Botei no sol, tirei o pó
Limpei, lustrei, poli, deixei ali
Até que um dia vi que não
Achava mais você no meu coração
Oh não...

Porque 'cê me mandou catar coquinho
Mas eu não fui catar coquinho não
Passei no meio de um toró
Olhei, espirrei, tossi, mas fui por aí
Com um pé no céu e outro na mão
Caí noutra paixão e agora
Sei de nada não...

Meu bem 'cê jogou fora o meu carinho
Mas eu peguei de volta ele no chão
Botei no sol, tirei o pó
Limpei, lustrei, poli, deixei ali
Até que um dia vi que não
Achava mais você no meu coração
Oh não...

Porque 'cê me mandou catar coquinho
Mas eu não fui catar coquinho não
Passei no meio de um toró
Olhei, espirrei, tossi, mas fui por aí
Com um pé no céu e outro na mão
Caí noutra paixão e agora
Sei de nada não

Meu bem cê me mandou...

Affonsinho

Nenhum comentário: