sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Há 105 anos..


Nascia em Madri na Espanha a anarquista e feminista Frederica Montseny. Filha de anarquistas, editores do jornal La Revista Blanca (1898-1905), logo se tornaria uma anarquista, feminista e poderosa oradora. Filiada ao sindicato anarquista CNT teve um papel importante durante a revolução espanhola (1936-39) quando se tornou a primeira mulher a ocupar um ministério na Europa. Como ministra espanhola da saúde, cargo que não condizia com seus ideais anarquistas e ocupou por se sentir obrigada naquele momento histórico, chegou a legalizar o aborto.

Impressionante a escasses de textos em português sobre ela na internet. Vamos contribuir. : )

2 comentários:

Inã Cândido disse...

Aos poucos, vamos conhecendo as personalidades marcantes através de seu blog.

Gostei de saber sobre o papel que Frederica Montseny da sociedade, principalmente quanto a legalização do aborto, essa que é uma questão tão importante, principalmente quando estamos nos referindo a emancipação feminina.

Abraços!!!

Inã Cândido disse...

(Editando)

Aos poucos, vamos conhecendo as personalidades marcantes através de seu blog.

Gostei de saber sobre o papel que Frederica Montseny da sociedade, principalmente quanto a legalização do aborto, essa que é uma questão tão importante, quando estamos nos referindo na luta pela emancipação feminina.

Abraços!!!