terça-feira, 26 de janeiro de 2010

VERGONHA!



O juiz da 9ª Vara Cível, Aurênio José Arantes de Moura, recusou a liminar do Ministério Público que solicitava a suspensão imediata do aumento da tarifa de transporte coletivo de Londrina, que contraria duas leis federais. Segundo o Jornal de Londrina ele "alegou que é uma forma de manter o equilíbrio econômico do sistema de transporte".

E o equilíbrio econômico de milhares de Londrinenses que dependem do transporte coletivo fica como senhor Juiz? E as leis federais que impedem esse aumento?

Não estou entendendo mais nada.

Até parece que o estado e a justiça foram criadas e tem o objetivo único e exclusivo de defender os interesses de uma minoria de milhonários. Será que é isso?

...

"Você pode mentir para algumas pessoas por algum tempo, mas você não pode mentir para todas as pessoas o tempo todo"

Fonte: JL RPC

Nenhum comentário: