terça-feira, 15 de setembro de 2009

Primavera silenciosa



O silêncio a separação o caminho dos corvos as palavras estão mortas
Mil damas em fitas todas enfeitadas, debaixo
o sol debaixo a terra debaixo de uma bandeira horrível
E as trombetas. fazem-nas zurrar como mulas pontuais
num tempo de peste, num tempo de guerra
A paisagem envenenada contaminada pelo tubo da fábrica,
o terra doentia o céu doentio.
Olhos frios espiam da topo da pirâmide:
o bandido governo, informantes do governo.
Mas eu quero algo mais diferente não estas fábricas de prisões
Eu desejo que a terra seja verde novamente
Eu gostaria de ter uma arma em minha mão
Algum dia eu voltarei para o frio

---------

Gostei muito. Ao que tudo indica a música é uma homenagem ao livro "Silent Spring"(Primavera silienciosa) de Rachel Carlson publicado em 1962, ou se inspirou nele. Créditos a banda folk anarquista da cidade Santa Cruz na California: BlackBird Raum.

2 comentários:

It's Alright, Ma (I'm Only Cooking) disse...

gostei muito do blog, os textos são ótimos.
parabéns.
vou linká-los no meu, ok?
abç
juliana

Lucas disse...

claro! já te linkei aqui também []´s.