terça-feira, 26 de agosto de 2008

Receita: Garapa de Couve



Igredientes:

2 Folhas de couve média (sem o talo - a parte do meio da folha)
1 litro de água gelada
2 limões (espremido - o suco do limão)
*açúcar mascavo

Modo de Preparo:
Bata a couve no liquidificador, com o limão espremido(suco do limão) e a água, junte o açúcar mascavo até ficar doce e gostoso! pronto para beber! Mais fácil impossível!! ;D

----

E é possível fazer umas experiências, se precisar de mais limão ou menos couve você vai adaptando, essas coisas é ao gosto. Também da para misturar um pouco de abacaxi, inventar coisas um pouco mais diferentes, fica bom também, mas a receita tradicional é essa aí de cima. Essa passa até no teste do bafômetro. Pode enxer a cara e dirigir sem problemas, mas vai de bicicleta que é melhor.. ;D

6 comentários:

xauz disse...

aí! dito e feito!
hehe

tu conhece algum blog só de receitas vegetarianas?

Lucas disse...

opa, deve ter vários, os meus prediletos são o site:
http://www.gaepoa.org/site/index.php?m=Receitas

E o blog: http://roctaviani.multiply.com/

xauz disse...

legal...
nao virei não... mas é sempre bom variar

e tu virou operário? para com isso cara... trabalhar pros outros é furada! eles sempre vão te explorar :D

Lucas disse...

uaheuehhuaeh.. safado! nós sabemos disso muito bem. Sou um operário moderno, minha fábrica não tem paredes nem local físico determinado, trabalho em casa. Nem por isso deixo de ser operário justamente por ser explorado. Desde que saí de Cascavel estou nessa vida. Trabalho para os outros, mas também trabalho por mim, sou explorado, luto contra isso e assim me identifico com uma história, com uma classe. É fácil falar do operário sem não conhecer sua realidade e isso eu aprendi q não posso fazer.. Me dedico ao trabalho, mas também me dedico à aprendizagem e ao encinamento. Lições que não se restringem aos livros. Esse é o caminho que encontrei. Consigo me manter, amadurecer, financiar algumas ações e ampliar meus horizontes.. e sigo, na batalha. Olha o q eu tava lendo agora: "o regime capitalista é isto mesmo; nem doutra maneira poderia ser. A base do capitalismo é a exploração: pagar o menos possível e vender o mais que puder. O limite para o capitalismo só os operários poderão opor" Jornal "A luta"-Porto Alegre, 01/05/1910!! p2

Anônimo disse...

com hortelã deve ficar bom

Lucas disse...

boa idéia. testei com abacaxi ficou mto bom também.